MS Rregião - DOMINGO, 25 DE FEVEREIRO DE 2018 | Email: msregiao@outlook.com
26 de JANEIRO de 2018 | Fonte: MsVerdade

Naviraí: População padece e políticos fingem não ver

Seguindo o ritmo do estado , Naviraí enfrenta hoje os reflexos de uma crise que abala boa parte do país, com fechamento de empresas e consequente aumento dos níveis de desemprego, fato que se nota ao caminhar nas principais ruas da cidade e observar as portas que ainda estão abertas.

Para piorar a situação, a promessa  de  geração de empregos ainda não saiu do papel, com uma gestão paralisada ,inerte e aparentemente descomprometida com as classes menos favorecidas da cidade. Uma política séria, que procure amenizar a situação, ainda não foi apresentada nestes  pouco mais de um ano da administração Izauri de Macedo, deixando famílias em pânico neste início de 2018, com perspectivas concentradas única e exclusivamente na promessa de reativação da Usina e de um frigorífico, que devem  aquecer o mercado interno.

Enquanto isso, nas redes sociais, a população se vira como pode, vendendo bens e utensílios domésticos como forma de se desviar momentaneamente das dificuldades. Nos classificados se acha de tudo a preços incrivelmente módicos: Desde som  de carro, geladeiras, celulares, cães, casas e terrenos e muito mais.  Esse pequeno detalhe, que passa quase imperceptível aos olhos dos naviraienses , serve de termômetro da conjuntura, de acordo com um prisma econômico.

 No último mês, a venda de produtos praticamente triplicou, com atualizações diárias difíceis de serem acompanhadas. Um reflexo claro de que a situação urge medidas concretas para superar a crise interna, medidas essas que, dependendo da atual equipe que administra o município, não ocorrerão, ada a inércia vergonhosa como o chefe do executivo olha para o problema, de forma indiferente .

Em entrevista para uma rádio local semana passada, pouco divulgada e com ouvintes contados a dedo, Dr. Izauri teve a coragem de  declarar que “conta com o imprescindível apoio da população”, numa ironia típica de quem zomba de seu povo. O povo não deve saber disto, lógico. Em outra declaração na entrevista, o próprio alcaide admite, assume de forma sincera ,que seu primeiro ano foi um verdadeiro fracasso,ao lembrar 2018 como um ano “em que a prefeitura deverá dar uma deslanchada”(risos).

Em pesquisa na cidade, visitamos semana passada uma empresa no município, onde uma pessoa disse que diariamente vão de 15 a 20 pessoas, das mais variadas idades, em busca de uma colocação, de uma oportunidade. Retornando aos classificados de uma rede social, agora mais uma novidade pode ser vista: Tem gente colocando pedidos de emprego, de babá a motorista. Uma situação não apenas  constrangedora  aos políticos locais,que se apresentaram nas eleições como ‘salvadores da pátria’ mas algo que entristece como um todo.

Nas ruas, em plena sexta-feira 10 da manhã, cidade parece um sábado de tardezinha, com poucos carros circulando(gasolina caríssima) e uma dezena de transeuntes pelas calçadas. Assim tem sido.   Alguém do alto escalão se mostra preocupado? Não, pois  todo mês o deles caem, alguns com valores exorbitantes. Deu até para alguns viajarem ao exterior, sem descontar em seus salários, e o patrão de todos, cabe lembrar, nem passou o réveillon em Naviraí.

Quem tem, tem, não é assim que dizem ? E quem não tem, e nem de onde tirar, assiste, passivamente, mais um ano que dará o que falar.

 

Só Deus,mesmo...



GALERIA DE FOTO Show Anitta Campo Grande
Untitled Document