Informa Naviraí - DOMINGO, 19 DE NOVEMBRO DE 2017
02 de NOVEMBRO de 2017 | Fonte: R7

Pixote completa 25 anos sem nunca ter trocado integrantes

Grupos de pagode têm alta rotatividade e muitas mudanças na formação. Sempre foi assim. Com o grande número de integrantes, é normal que haja entra e sai e troca de vocalistas, principalmente quando esses decidem que são famosos o suficiente para não dividir mais o cachê com outros músicos.

Não foi o caso, no entanto, do Grupo Pixote. A banda paulistana está na ativa há 25 anos sem nunca ter passado por mudanças na formação. Dodô, Thiaguinho, Tiola Chocolate e Du estão juntos desde que se conheceram, em 1992.

Segundo eles, a amizade que surgiu na adolescência prevaleceu às pressões do mercado, brigas por dinheiro e convites recebidos no decorrer da carreira. 

Essa união não foi abalada nem em momentos de crise. Dodô recorda que o crescimento do sertanejo e a pirataria quase levaram o Pixote a acabar. E não seria absurdo se isso acontecesse.

Banda até mais populares que eles terminaram por conta disso ou caíram no esquecimento. Mas um misto de persistência e encarar a banda como um trabalho normal, salvou o Pixote de ser mais um grupo de pagode que ficou pelo caminho.

Em entrevista ao R7, a banda faz uma análise da carreira, relembra o início e a pobreza antes da fama, revela detalhes de momentos críticos e lamenta a falta de interesse dos jovens por tocar instrumentos.



GALERIA DE FOTO Show Anitta Campo Grande
Untitled Document