Informa Naviraí - DOMINGO, 22 DE OUTUBRO DE 2017
04 de OUTUBRO de 2017 | Fonte: Correio do Estado

Pai vai registrar ocorrência de desaparecimento e descobre filho morto

Reginaldo Custódio da Silva descobriu hoje que um corpo encontrado em Campo Grande neste final de semana é do filho dele, Leoni de Moura Custódio, de 18 anos. O jovem morava no Jardim Canguru e antes de desaparecer estava em uma chácara, que fica no município da Capital, com o irmão. Desde quinta-feira (28) ele estava desaparecido.

O pai do rapaz estava em Naviraí a trabalho e chegou na Capital nesta segunda-feira (2). Ele registrou boletim de ocorrência de desaparecimento e a própria Polícia Civil o informou que um corpo sem identificação estava no Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol). Ele foi ao local e identificou que se tratava do filho.

Não foi dado detalhes do caso ainda porque a investigação está em andamento e será conduzida na 3ª Delegacia de Polícia Civil da Capital. Na sexta-feira (29), a polícia foi acionada para investigar um corpo que tinha sido encontrado na saída da Rochedinho, no km 7 da MS-010. Perto do local há alguns barracos, mas pessoas que passaram na região não souberam dar informações aos policiais sobre o que teria ocorrido.

A reportagem conversou com Reginaldo na noite de hoje, pouco antes de ele fazer uma nova identificação no Imol. "Não sei o que pode ter acontecido. Não consigo entender. Não tem motivo (para o assassinato), ele não dava trabalho", lamentou o homem.

Reginaldo está previsto para prestar depoimento na 3ª DP nesta quarta-feira (4). A investigação também deve ouvir o irmão de Leoni, que estava com ele antes do desaparecimento.



GALERIA DE FOTO Show Anitta Campo Grande
Untitled Document